ABRE EDITAL Nº 01/2015 DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO – DPU.

O Defensor Público-Geral Federal, no uso de suas atribuições legais, lança Edital de Concurso Público para contratar 131 Profissionais de Nível Médio e Curso Superior para preencher os Cargos vagos existente na Defensoria Pública da União. O processo seletivo da DPU tem como objetivo selecionara candidatos para os Cargos de Analista Técnico-Administrativo, Arquivista, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Psicólogo, Sociólogo, Técnico em Assuntos Educacionais, Técnico em Comunicação Social – Jornalismo.

Edital/Concurso

Os candidatos aprovados e selecionados para exercer os cargos DPU receberão remuneração de R$ 5.266,18, composta por R$ 1.990,22 referentes ao vencimento básico, R$ 2.524,00 referente à Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (GDPGPE) e R$ 751,96 referente ao auxílio alimentação, correspondente a jornada de trabalho de 40h semanais.

Inscrição/Inscrição

O candidato interessado a ingressar no setor público da Defensoria Pública da União, pode fazer sua inscrição na internet no site www.cespe.unb.br/concursos/dpu_15_administrativo, no período entre 10 horas do dia 22 de abril e 23 horas e 59 minutos do dia 11 de maio de 2015, observado o horário oficial de Brasília/DF.

Das Taxas do Concurso

O candidato deve imprimir o boleto bancário da taxa de inscrição nos valores de R$ 100,00 para Nível Superior e para Nível Médio será de R$ 70,00 e seguir efetue o pagamento nas agencias bancarias autorizadas.

Das Provas

Haverá Provas Objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, a serem realizadas na data provável de 21 de junho de 2015.

Os Candidatos aprovados e selecionado no Concurso do CPU, atuarão nos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, e Tocantins.

O Concurso terá validade de um ano, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

LEIA O EDITAL.


Leia mais:

Comentários