CONCURSO ESCRITURÁRIO BANCO DO BRASIL- SP 2012, BB PREVER ABERTURA DE INSCRIÇÕES.

Estude na preparação do próximo Concurso do Banco do Brasil. O Banco do Brasil prevê lançar Concurso Público para cadastro de reserva de escriturário para a Cidade de São Paulo, Grande São Paulo e interior Paulista, no primeiro semestre de 2012, Segundo informou a assessoria de imprensa da instituição. O salário para o cargo de Escriturário que exige nível médio, de R$ 1.280,10, com gratificação de 25% paga mensalmente. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

A justificativa é que a validade dos, dois concursos feitos para o estado vence em 1º de julho de 2012 – um para 20 cidades do estado de São Paulo realizado em 2010 com 75.051 inscritos, com validade de um ano, e outro realizado em 2008 para a capital e Grande São Paulo, com 41,3 mil inscritos e validade de dois anos.

O primeiro foi realizado pela Fundação Carlos Chagas, e o segundo, pelo CESPE/UnB.

Até ser feito novos concursos, mais candidatos aprovados poderão ser chamados para assumir o cargo nessas duas seleções.  A convocação dos aprovados respeita a demanda da instituição financeira e também o prazo de validade do concurso, que atualmente é de um ano, prorrogável por igual período.

No concurso de 2010 para o estado de São Paulo foram classificados 14.520 candidatos e chamados 1.040 aprovados até março deste ano. O cadastro de reserva é de 13.480 vagas. Podem ser convocados mais 12.440 aprovados.

Já no concurso de 2008 para a capital e região metropolitana, foram 5.301 classificados, e o banco chamou 4.271 aprovados.

Há outro concurso em andamento para os estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais e Pará, que teve 140 mil inscritos e cuja validade acaba em maio de 2012. Foi classificado o total de 18.020 candidatos: 4.118 na Bahia, 3.585 em Goiás, 8.995 em Minas Gerais e 1.322 no Pará. Foram convocados até março 3.241 aprovados. O cadastro de reserva para esse concurso é de 14.779 vagas. Assim, podem ainda ser chamados mais 11.538 classificados.

Por se tratar de sociedade de economia mista (tem patrimônio público e privado, sendo que o governo é majoritário) e ter orçamento próprio, o Banco do Brasil não entra no corte do orçamento anunciado pelo governo federal que poderá adiar novos concursos e nomeações. http://www.concursosfcc.com.br/


Leia mais:

Comentários