INSCRIÇÕES PARA GUARDA DE PARQUES – ESTADO RIO DE JANEIRO.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria do Ambiente e do Instituto Estadual do Ambiente – INEA, no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital de Abertura de Processo Seletivo Público para provimento de vagas 220 vagas para o cargo de Guarda-Parques, contratação temporária e tem como objetivo preencher o quadro de pessoal do Instituto Estadual do Ambiente – INEA.

Instituto Estadual do Ambiente – RJ abre 220 vagas para Guarda-Parques. INEA – Instituto Estadual do Ambiente – RJ, que serão destinadas à contratação temporária. O Edital está disponível no endereço eletrônico www.fec.uff.br da Fundação Euclides da Cunha -FEC, do total de vagas ofertadas 15 são para atuar no Município de Parati, 20 em Angra dos Reis, 20 em Mangaratiba, Angra dos Reis, Itaguaí e Rio Claro, oito em Valença, 28 no Rio de Janeiro, 11 em Niterói e Maricá, 36.

REQUISITOS E SALÁRIO:

A remuneração mensal será de R$ 1.500,00 em jornadas de 40 horas semanais, mas para garantir este vencimento o candidato deverá atender a uma série de requisitos como: ter idade mínima de 18 e máxima de 45 anos, estarem em gozo dos direitos políticos, estarem quite com as obrigações militares e eleitorais, ter concluído o Ensino Médio, ter altura mínima de 1,60 metros.

INSCRIÇÕES:

Os interessados em participar do processo seletivo deverão preencher o formulário de inscrição disponível no site www.fec.uff.br até o dia 15 de abril e pagar a taxa de R$ 50,00.

PROVAS:

O processo seletivo será composto por três etapas, sendo a primeira constituída de avaliação intelectual por meio de prova objetiva com 60 questões sobre Língua Portuguesa Conhecimentos Específicos, a segunda fase será a avaliação de aptidão física e a terceira será constituída de prova de títulos. www.fec.uff.br e www.inea.rj.gov.br,

As informações sobre os locais e os horários de aplicação das provas serão disponibilizadas no site da organizadora com antecedência mínima de cinco dias.

São atribuições do Guarda-Parque: desempenhar ações de educação ambiental; prevenir, fiscalizar e combater incêndios florestais e queimadas no interior das unidades de conservação e em seu entorno imediato; garantir a segurança dos visitantes e funcionários das unidades de conservação; empreender ações de busca e salvamento no interior das unidades de conservação; zelar pela vida selvagem, pelas belezas cênicas e, quando for o caso, pelo patrimônio histórico, arqueológico, paleontológico e espeleológico; zelar pelo cumprimento da legislação ambiental e atos normativos específicos das unidades de conservação; promover atividades de interpretação natural, cultural e histórica relacionadas à unidade de conservação; promover ações de caráter socioambiental voltadas para as comunidades do entorno da unidade de conservação ou ainda residentes em seu interior; zelar pelo patrimônio físico das unidades de conservação; desempenhar ações de educação e conscientização ambiental, bem como auxiliar, quando necessário, nas demais atividades administrativas das unidades de conservação; e apoiar a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro em caso de calamidade pública.


Leia mais:

Comentários